Festas do Povo - Festas das flores de Campo Maior

As Festas do Povo consistem na decoração das ruas de Campo Maior, sobretudo o Centro Histórico, com flores de papel e outros objectos em cartão e papel, feitos pela população. Trata-se de um evento tradicional único, e que já alcançou uma notoriedade elevada a nível nacional e internacional.
É uma celebração que, por tradição, só acontece quando o povo quer, pois a sua realização depende do voluntariado e da força de vontade dos campomaiorenses. 
Tudo começa em Janeiro (ou antes), elege-se o “cabeça de rua” (personagem encarregada de organizar os trabalhos), faz-se o esboço da obra, escolhe-se a cor do papel e enceta-se o trabalho. 
Tudo peças únicas. Feitas quase em série, iguais à primeira vista, mas únicas, cada qual traz o cunho de quem as fez, com as mãos e com o coração.
As Festas são do Povo, porque é o Povo que lhes dá o maior contributo. Sacrificam as merecidas horas de descanso para dar forma às flores e demais arranjos sem os quais Campo Maior não se poderia transformar, da noite para o dia, no mais belo dos jardins.
A preparação é feita rua a rua, sendo que o trabalho desenvolvido em cada uma delas fica em segredo, mesmo para amigos e familiares dos moradores, e só é dado a conhecer na noite da “enramação”.
Estas Festas realizaram-se por 20 vezes e as primeiras foram realizadas em 1985 e ultimas em 2011.
O sucesso de todas as edições deve-se à surpreendente diversidade da decoração das ruas, de beleza inigualável. A arte das flores de papel e as Festas do Povo de Campo Maior são um Património cultural único no Mundo.
As últimas Festas do Povo tiveram lugar em 2011 e trouxeram a Campo Maior cerca de 1 milhão de pessoas, vindas de todo o país, da vizinha Espanha, da comunidade emigrante e até mesmo de outros países europeus. Foram decoradas 104 ruas com flores de papel, o equivalente a uma distância de aproximadamente 20 km. No total, foram utilizadas perto de 30 toneladas materiais e o trabalho voluntário de cerca de 7500 pessoas, números que demonstram a vitalidade e importância que este evento tem para as gentes de Campo Maior.
Estas festas são tão memoráveis e vistas por milhares de pessoas de todo o mundo que Campo Maior entrega da candidatura das Festas do Povo a Património Cultural Imaterial da Humanidade.
Desde o mais pequeno dos pormenores até à mais elaborada entrada de cada rua, tudo isto nos transporta para um mundo feito com papel e com os sonhos de um povo. Pela originalidade, pela beleza, pela poesia, pela arte, por tudo isto e por muito mais vale a pena assistir ao espectáculo que são estas Festas, únicas no mundo, mas portuguesas, com certeza.
Aqui vos deixo um link com o programa das festas do povo e o que se realizou em cada dia desta maravilhosas festas de flores de papel e um video que elaborei com fotografias da minha visita ás festas, foi realizada de noite não fui de dia, tanto que de noite tem uma vista e de dia outra. Espero que gostem....

Share this:

JOIN CONVERSATION

3 comentários:

  1. olha adorei as fotos e o video... gosto mt destes trabalhos com flores... tenho é pena das flores hehe

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não tenhas pena porque no ultimo dia no Domingo eles deixam os visitantes trazer as flores para casa de borla e as que não forem dadas vão para reciclagem o papel logo nada se perde.... Bejinhos

      Excluir