Cuidados que devemos ter com os nossos pés e sua saúde

Sabiam que as dores no pés são um dos problemas de saúde mais comum, umas vezes devido a características hereditárias, mas na sua maioria devido ao impacto acumulado de uma vida de abusos e negligências.
Muitas pessoas sofrem de problemas nos pés de maior ou menor gravidade em algum momento das suas vidas, no entanto, e segundo os mesmos estudos, muitos deles não procuram tratamento, porque crêem que as dores nos pés são normais, resignando-se a suporta-las.
O calçado apropriado pode reduzir os problemas dos pés.
Dependendo da actividade profissional e desportiva os pés suportam enormes pressões durante a vida diária, sendo como tal, susceptíveis a mais problemas do que qualquer outra parte do corpo. Neste sentido é fundamental a utilização de calçado apropriado.
No que diz respeito ao calçado, as mulheres são quem castigam mais os pés com a utilização de calçado inapropriado (sapato de salto alto - superior a 4 cm - e ou sapatos de ponta muito estreita), sendo aconselhado a alternar durante o próprio dia a utilização deste tipo de calçado por outros mais baixos e espaçosos.
Hoje em dia, já existem sapatos de salto alto cómodos, com tacões compensados e mais espaço para os dedos, que são atractivos para o trabalho e actividades sociais e conseguem aliar critérios de moda e comodidade. A adequação do calçado à actividade desportiva e laboral é também um factor importante para a prevenção das lesões nos pés.


Cuidados gerais a ter com os pés

- Lavar os pés diariamente;
- Secar bem especialmente entre os dedos;
- Cortar as unhas dos pés em forma recta (a direito);
- Estar atento a eventuais alterações do aspecto da unha, como, espessura, cor, forma, etc.;
- Examinar os pés regularmente;
- Adaptar o calçado à actividade diária, quer seja profissional, quer seja de lazer;
- Recomenda-se comprar o calçado no final do dia, altura esta em que os pés estão mais inchados e para que os sapatos se adaptem perfeitamente ao nosso pé;
- O tacão do sapato deve variar entre os 2 e os 4cm;
- Devemos optar sempre por um sapato com uma base ampla e evitar os sapatos pontiagudos;
- Ter o cuidado de escolher sapatos de materiais nobres, como a pele ou couro, para facilitar a respiração do pele;
- Usar os sapatos de forma alternada e deixar arejar de um dia para o outro;
- Os sapatos demasiados deformados e/ou rompidos devem ser substituídos;
- Optar sempre por meias de algodão, lã ou derivados, de forma a permitir uma melhor transpiração e evitar problemas de sudação e mau odor;
- Ter o cuidado de hidratar os pés com um creme especifico e adequado a cada situação, diariamente.
- Evitar a aplicação de creme hidratante entre os dedos, para não provocar maceração (pele branca) nestes espaços.
- Em caso de dúvida consulte um Podologista.
Cuidados a ter no caso de ser diabético

- Lavar diariamente os pés com água morna e sabão. Secar bem, especialmente entre os dedos e usar um creme/loção hidratante adequado;
- Usar meias de algodão ou lã. Evitar que os elásticos sejam muito fortes, para que não prejudiquem a circulação sanguínea. Preferencialmente adquira meias sem costuras;
- Usar calçado confortável (evitando sapatos abertos ou sandálias) e preferencialmente de atacadores ou velcros, porque estes ajustam-se melhor à altura e largura do peito do pé. Evite adquirir sapatos com costuras na zona dos dedos.
- Observar os pés todos os dias, verificando se tem cortes, feridas, manchas vermelhas eu se estão inchados, para facilitar esta tarefa pode-se usar um espelho ou pedir ajuda a outra pessoa, especialmente para observar a planta do pé;
- Evitar andar descalço;
- Não fumar. O tabaco prejudica seriamente a circulação sanguínea o que agrava os problemas relacionados com os pés, no caso de existirem feridas, estas podem demorar mais tempo a cicatrizar;
- Cortar as unhas dos pés a direito e limar as pontas mais aguçadas;
- Consultar um Podologista sempre que tiver um corte, uma unha encravada, micoses, dores, inchaço nos pés, feridas, gretas ou fissuras, entre outros;
- Evitar usar acessórios, como anéis ou pulseiras, nos pés;
- Examinar os sapatos para ver se há corpos estranhos, como, pedras, pregos ou deformações nas palmilhas, que possam ferir os seus pés;
- Evitar o excesso de peso;
- Pratique exercício físico regularmente;
- Manter os níveis de glicemia controlados.
- Não utilizar qualquer tipo de medicamento cáustico, como, calicidas, na presença de calos ou calosidades.
- Consulte regularmente um Podologista de forma a prevenir o aparecimento de qualquer alteração no pé.
- Opte sempre pela prevenção não descuide da sua saúde mínimo problema pode acarretar graves lesões e consequências graves.

Share this:

JOIN CONVERSATION

    Blogger Comment

0 comentários:

Postar um comentário